sábado, 21 de janeiro de 2017

ROTEIRO CORRERIA PELO CHILE - DIA 1:


Aproveitei umas milhas que eu tinha e lá fui eu de novo para o Chile, tirar a má impressão que tinha. Agora por 3 dias no calor, pra ver o máximo de coisa possíveis!!!

Realmente, quando fui em 2015, fui no frio pra ver neve, e a neve não caiu L. Primeiro passo pra desgostar de um lugar: criar expectativas que não se concretizam.

Agora, fui especificamente para visitar as casas do Pablo Neruda, que não deu tempo de ver da outra vez, porque tinha que ser visita com hora marcada e agora não precisa mais, você chega e entra. Resultado: sucesso total! Voltei feliz de vida de ter visitado esse país!
 
(vista da Cordilheira pelo avião - pra mim, o jeito mais lindo de vê-la)
 
DIA 1: IDA A Santiago.

Pegamos um voo que chega com dia ainda claro e foi ótimo. Chegamos 16.55h, fomos pro hotel (Ibis Providência – pra mim, no melhor ponto de Santiago, perto do metrô Manuel Montt). Check in feito, malas no hotel, só coloquei uma bermuda porque estava muito calor e fomos pegar um metrô até o Cerro Santa Lucia. Andamos um pouco e voltamos para tomar um banho.

 
 


Dessa vez, queria visitar uns restaurantes mais chiquetosos, então fomos jantar no “Aqui esta Coco”, pra muitos blogs, o melhor do Chile. O lugar é bem legal, charmoso. Não marcamos hora, estava bem cheio, mas estávamos em 2 pessoas só e tinha uigar. Ficamos na adega, que tem mesas para refeição, e achei bem legal. Pedimos empanadas de frutos do mar e congrio ao pil pil – sugestão do Blog Destemperados, e amei a comida. Uma experiência mesmo, muito legal. O restaurante é sofisticado, mas a conta deu mais ou menos R$250,00 pra 2 pessoas, com entrada, pisco sour (claro), prato principal, água, taça de vinho branco. Achei bem ok, já que pra ir no boteco aqui no BRA tomar cerveja, comer batata frita e uma porção, quase gasto isso.



Nenhum comentário:

Postar um comentário