domingo, 22 de janeiro de 2017

ROTEIRO CORRERIA PELO CHILE - DIA 2:


Começando a colocar em prática o plano de visitar as casas do Neruda. Como ela só abre as 10:00, antes fomos até o Palácio La Moneda e Plaza de Armas, tirar fotos clássicas de turistas. Visitamos também o Centro Cultural La Moneda, que abre as 9:00h e sempre tem exposições bem legais. Dessa vez, tinha uma exposição de gravuras e pinturas inspiradas no Picasso, bem interessante. Vá cedo, pois até 13.00 a entrada no centro é de graça.


 

Depois seguimos para a La Chascona e com certeza valeu cada centímetro que me desloquei do Brasil até chegar lá. Fiquei encantada com o lugar, muito lindinho, todo pensado, cada louça, cada porta, foi planejada e tem um significado. Deu uma deprezinha de ver tudo aquilo, cheio de vida, e lembrar que eu moro num apartamento que comprei pronto, mas tudo bem. Deu um estalo que a gente precisa colocar mais vida, mais do que a gente gosta na casa, pra viver cercado do que nos deixa feliz, hehe. A visita foi sensacional.



 
Depois, também guiada pelo blog Destemperados, fui ao restaurante Azul Profundo almoçar. Pedimos umas entradinhas, pois não estávamos com muita fome, mas tudo é  muito gostoso. O cardápio foi: pisco sour, lógico, machas a la parmesana e empanadas de camarão e queijo. Estava muito bom, mas o serviço é meio confuso. Os garçons te “abandonam” na mesa, ficam fazendo outras coisas e você fica precisando caçá-los para fazer pedido. Não sei se é por que não tinha quase ninguém no dia, mas foi bagunçado.


 
Depois fomos até o Patio Bela Vista, lá do ladinho, e tomamos um café com bolo (torta Lucena – tradicional do Chile, que parece um bolo de rolo, mas com recheio de doce de leite – muito boa!)

 
Próxima parada foi o museu de Bellas Artes de Santiago. Achei legal, a construção bonita, mas as obras em si não gostei tanto. O de Buenos Aires é infinitamente melhor, na minha opinião.

Já era de tardinha e fomos para hotel descansar um pouco e tomar banho. De noite, fomos ao shopping Costanera Center, que é perto do hotel, dar uma volta (tem muuuuita loja!, mas não compramos nada) e jantar uma coisinha fast food mesmo.

sábado, 21 de janeiro de 2017

ROTEIRO CORRERIA PELO CHILE - DIA 1:


Aproveitei umas milhas que eu tinha e lá fui eu de novo para o Chile, tirar a má impressão que tinha. Agora por 3 dias no calor, pra ver o máximo de coisa possíveis!!!

Realmente, quando fui em 2015, fui no frio pra ver neve, e a neve não caiu L. Primeiro passo pra desgostar de um lugar: criar expectativas que não se concretizam.

Agora, fui especificamente para visitar as casas do Pablo Neruda, que não deu tempo de ver da outra vez, porque tinha que ser visita com hora marcada e agora não precisa mais, você chega e entra. Resultado: sucesso total! Voltei feliz de vida de ter visitado esse país!
 
(vista da Cordilheira pelo avião - pra mim, o jeito mais lindo de vê-la)
 
DIA 1: IDA A Santiago.

Pegamos um voo que chega com dia ainda claro e foi ótimo. Chegamos 16.55h, fomos pro hotel (Ibis Providência – pra mim, no melhor ponto de Santiago, perto do metrô Manuel Montt). Check in feito, malas no hotel, só coloquei uma bermuda porque estava muito calor e fomos pegar um metrô até o Cerro Santa Lucia. Andamos um pouco e voltamos para tomar um banho.

 
 


Dessa vez, queria visitar uns restaurantes mais chiquetosos, então fomos jantar no “Aqui esta Coco”, pra muitos blogs, o melhor do Chile. O lugar é bem legal, charmoso. Não marcamos hora, estava bem cheio, mas estávamos em 2 pessoas só e tinha uigar. Ficamos na adega, que tem mesas para refeição, e achei bem legal. Pedimos empanadas de frutos do mar e congrio ao pil pil – sugestão do Blog Destemperados, e amei a comida. Uma experiência mesmo, muito legal. O restaurante é sofisticado, mas a conta deu mais ou menos R$250,00 pra 2 pessoas, com entrada, pisco sour (claro), prato principal, água, taça de vinho branco. Achei bem ok, já que pra ir no boteco aqui no BRA tomar cerveja, comer batata frita e uma porção, quase gasto isso.



domingo, 18 de dezembro de 2016

Regata tela Unique Chic - tam.G - R$ 50,00 + frete a combinar.



 
Essa eu acredito que sirva até para um 44, desde que não tenha tanto busto. A tela é bem discreta, se usar com um sutiã cor da pele, não fica transparente. Ou pode usar com uma regatinha por baixo.

SAÍDA MALAGUETA - TAM.40 - R$ 55,00 + frete a combinar.



 
 O tecido é uma viscose bem gostosinha. Serve um 40 bem folgadinho ou um 42 pequeno.
Mangas regulam com uma tirinha.

SAIA BABADO LE LIS BLANC - TAM G - R$ 50,00 + frete a combinar.

 
 
O tecido é uma malha mais grossa e com elasticidade.
Serve um 42 pequeno no máximo.
Comprimento do cós à barra: 45 cm (cós uns dedos abaixo do umbigo).

SHORT ESTAMPADO ZARA - TAM L/G - R$ 50,00 - frete a combinar.


 

 
Esse short é curto e rodadinho. Fica muito fofo pra sair no verão. Tem bolsos.
Comprimento: 37 cm (a cintura é mais baixa, ele não é micro, mas é curto).

quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

FAVORITOS DE 2016!!!


E mais um ano está acabando... vamos lá às nossas queridas listinhas de favoritos do ano!!!

 
1- Maquiagem + cosmético: esse ano elegi como minha favorita a duplinha que uso todo dia: filtro solar em creme com água termal da La Roche-Posay + BB Cream Latika filtro 44. Na minha pele, eles casam perfeitamente, e o filtro ajuda o BB Cream ficar bem invisível. Aplico tudo com as mãos mesmo, acho que fica mais natural, pois esse BB cream, passado com pincel, em mim, fica com  marcas. Preciso passar um pó depois, daqueles fininhos, para dar uma tapada no brilho, mas fica ótimo!!!

(foto do blog Chata de Galocha)
 
2 – Moda: pra mim, a peça que ganhou meu coração esse ano foi a Pantacourt. Adoro, acho chique, fica linda com salto ou rasteira, camisa ou blusa de alça. Em geral, acho que a grande surpresa da moda esse ano foram os sapatos tratorados. Tem gente que acha horrível. Eu, particularmente, acho lindo, mais para ver do que para usar. Até quero um, mas ainda não encontrei meu modelo.

 
3- Livro: Esse ano li muito menos do que gostaria, mas finalmente li a versão na íntegra de “Os Miseráveis” (já tinha lido uma adaptação quando era bem nova), que, sem sombra de dúvida, é um dos livros do meu coração. Li também “E o vento levou”, que era um dos meus filmes prediletos quando eu era nova também. Olha, que livrão! Depois vi o filme e achei sem graça. A grande descoberta, minha e de muita gente esse ano e ano passado, foi a autora italiana Elena Ferrante, estou lendo o quarto livro dela esse ano, gente, que autora! Todo mundo precisa conhecer!

 
4- TV: como todo ano, não sou muito de ver TV, só vejo mesmo jornal. Mas teve um programa que eu assisti todos esse ano (no Net Now), que foi o Anota Aí, da Titi, do Multishow. Claro que é porque ela foi para a Itália e eu revi muitos lugares que já fui, e anotei muitos outros que pretendo ir!

 
5- Viagem: esse ano fui para Porto Seguro, Itália, Bariloche e Porto de Galinhas. Vou dizer que tá difícil de escolher o lugar que mais gostei. Fora Porto Seguro, que está muito derrubada, as outras amei (fiquei num Resort, ainda bem, pois não ia gostar de ficar andando por aquele centro. Uma das cidades que mais recebe turistas no Brasil e tanto descaso, revoltante). Conheci muitas cidades novas na Itália esse ano, sempre uma paixão. Voltei a Porto de Galinhas, depois de 10 anos, que praia deliciosa. Mas acho que esse ano a viagem mais especial que fiz foi mesmo para Bariloche. Até que enfim vi a neve, simplesmente amei aquele lugar.

quarta-feira, 2 de novembro de 2016

PARA INSPIRAR: ITÁLIA - TREVISO!

(ponte sobre canal no centro histórico - parece uma pintura, não?)

Outra cidadezinha delícia pra visitar. E se eu puder aconselhar alguém, esqueça a ideia de ficar em Veneza e fique logo em Treviso. Aqui você vai poder aproveitar realmente uma cidade típica italiana, menos turística, com comida boa a preço justo, tranquilidade e muita beleza.




Fique no centro histórico, que é pertinho da estação de trem e tem tudo. Tem muito trem direto para várias cidades da região que são bem turísticas, mas também é possível ir a Veneza Mestre (meia hora) e depois pegar o trem que você quer.

No centro da cidade há uma praça, com restaurantes, lojas, mercado. Lá é a sede da Benetton, tem uma loja enorme e com coisas lindas.

Eu adorei o restaurante "Cozze a Gogo", que serve vôngole (Cozze). Bom, eu adoro frutos do mar, quase só como isso na Itália. Tem outro restaurante ótimo lá, a Pizzaria da Roberto (não tem só pizza, tem pratos e sobremesas maravilhosos).




 
A cidade tem vários canais, como Veneza, mas são muito menores. Não passam meio de transporte público por eles, só particular e pequenos.
 
Tem um site bem legal que mostra curiosodades, dicas, sobre a região de Treviso e do Vêneto, chama Itália per Amore e eu sempre consulto antes de ir lá.

terça-feira, 1 de novembro de 2016

PARA INSPIRAR: ITÁLIA - CONEGLIANO!


Quem aí também gosta de conhecer cidadezinhas que (quase) ninguém nunca ouviu falar quando viaja? Então vai pra Conegliano, que é muito charmosinha!

A cidade fica a meia hora de Treviso, sempre um ponto de apoio quando vou pra Itália. Treviso fica a meia hora de Veneza, a cidade é muito linda, bem coisa de interior da Itália mesmo, mas isso é conversa pra outro post.


O principal ponto turístico de Conegliano é um castelo. A cidade é bem pequena e tem um café na praça pra ficar bebendo um aperitivo e ver o tempo passar, delícia.



Pra chegar ao castelo, prepare-se para uma subida braba. Lá em cima tem a vista, tem um restaurante (se a caminhada dura deu fome kkk) e a visitação do castelo. No dia que eu fui, tinha uma "encenação" da vida medieval, estavam assando pão caseiro em brasas, o pessoal fantasiado com trajes antigos. Achei muito legal. Não quis entrar para deixar a surpresa pro dia que for com meus filhos, com certeza eles vão amar. Eu fui num domingo, talvez seja porque era fim de semana.



 Bom, visita super recomendada!

sexta-feira, 28 de outubro de 2016

Casaco de pele (fake) infantil Zara - tam.4/5 - R$ 60,00 + frete.





 
Veste até um tam.6 infantil do Brasil. Fofo, né?


Colete Le Lis Blanc - VENDIDO



Blusa mandala - Tam.G - R$ 20,00 + frete.


 
Tecido acetinado (imita seda) na frente, atrás em malha. É de uma marca italiana chamada Promod.